Um evento que definitivamente já entrou para a história da Ibasp: é assim que vemos a 1ª Feira de Natal Alemã, realizada no dia 30/11, das 16h às 21h.

Como nasceu – Inspirados em um evento semelhante da IB Avenida dos Estados (Curitiba, PR) e recorrendo às raízes alemãs da Ibasp, aproveitamos a época natalina para promover uma feira de Natal nos moldes das tradicionais feiras natalinas na Alemanha. O objetivo principal? Tornar a igreja conhecida no bairro, “mostrando a cara” de forma mais proativa.

Um grande mutirão – Na capital paulista, em especial no nosso bairro, é preciso caprichar nesse tipo de evento, já que há muitas outras opções de lazer e cultura. Assim, quase 140 membros e frequentadores da Ibasp, encantados com a ideia, se uniram e se desdobraram para executá-la. Muitos fizeram grandes sacrifícios pessoais, como p. ex. os jovens, que, em plena época de provas na faculdade, trabalharam várias vezes até de madrugada preparando comida e materiais de decoração.

Programação – Cada atração ficou sob responsabilidade de um departamento da igreja, mas todos os grupos ajudaram em tudo, em uma linda demonstração de cooperação e união em torno do mesmo propósito. A barraca mais concorrida provavelmente foi a da comida alemã (servida pelos jovens), seguida de perto pelas sobremesas, atendida pelas crianças e juniores da igreja, com o apoio das mães. Esses pequenos deram um show de dedicação e alegria no serviço.

Durante a Feira, houve três apresentações musicais (a banda da ONG Clave de Sol, apoiada pela igreja) e dois coros. Esses “miniconcertos” ajudaram a atrair ainda mais visitantes. Nos intervalos, o sorteio de vários brindes animou o pessoal acomodado nas mesas e cadeiras que formavam a praça de alimentação.

Além das atrações já citadas, a feira ainda tinha barracas de salgados e de bebidas, uma livraria, a barraca de artesanato e bolos, biscoitos, pães e geleias, espaço infantil com brinquedões infláveis, painel de fotos e uma sala de oração com aconselhamento para os visitantes em busca de apoio espiritual.

Fim de Feira – O encerramento, previsto para 21h, só veio depois das 21h30, de tão bem que alguns visitantes estavam se sentido. Mas então, na hora da arrumação, viu-se mais uma vez o comprometimento de todos os voluntários. Em pouco tempo, a quadra estava limpa e liberada para ser usada como estacionamento no dia seguinte.

A renda da Feira será dividida entre as ONGs Clave de Sol e Instituto Atos, ambas administradas por membros da Ibasp. Mas, para a igreja, talvez o fruto mais visível e marcante tenha sido a comunhão intensa e a experiência gratificante de cooperar juntos em um mesmo objetivo, sem qualquer conflito (mesmo!) e com o envolvimento de todas as faixas etárias.

Somos gratos a Deus pelo sucesso que ele nos concedeu e por ter atendido a cada um dos nossos pedidos em relação a esse evento. Que ele receba a glória e que nós tenhamos a oportunidade de mostrar a muitos o caminho até Jesus!

Doris Körber

Assistente de comunicação

Alguns testemunhos

“A Feira me deu oportunidade de falar de Jesus para minha paciente que veio. Descobri aqui que ela estava afastada do Senhor e da igreja há alguns anos.” (Dani, dentista)

“Fiquei feliz com a presença de um amigo que não é cristão… ele se sentiu acolhido e muito satisfeito por ter vindo.”

 “Como tem muita gente nova na igreja, foi uma ótima chance de conhecer melhor alguns novos frequentadores.”

“Creio que desfrutamos de uma união única na igreja e isso fez uma diferença muito grande no meu crescimento espiritual.” (Dani)

“Gostei muito de ajudar no caixa, porque pude conversar com o pessoal, sabendo de onde eles eram e como ouviram do evento.” (Valdir)

“O que mais me motivou foi imaginar todos os bancos lotados de pessoas da nossa vizinhança… Meu sonho é que essas pessoas voltem e conheçam a Deus.” (Débora F.)

“Pudemos ver tanto crianças como idosos fazendo o seu melhor.”

“Senti muita alegria com a descoberta de novos talentos, lideranças e habilidades.” (Elke)